Follow by Email

sábado, 13 de setembro de 2014

MOEDAS ELEITORAIS

O voto no Brasil tem moedas muito diversas.Para a maioria, vale artigos básicos como serviços de saúde, promessa de emprego, uma ligadura de trompas, um atendimento de urgência e até um par de sapatos. Para outros, a moeda é a proximidade do candidato: se é um parente. amigo ou colega.Há quem empenhe o seu voto, porque nasceu na mesma cidade do candidato e imagina que isso garantirá a melhoria de seu torrão natal . Ter a mesma profissão do candidato pode ser uma moeda de troca considerada legítima. Assim é que alguns candidato se apresentam como médicos, professores, capitães de polícia etc. Na verdade, cada um desses equivocados critérios pode garantir apenas condições para que o candidato se reeleja, distribua cargos ou apoie as candidaturas de sua mulher, irmãos ou  filhos nas eleições seguintes.

Não costumo trocar o meu voto por essas moedas que valem mais ao sabor dos planos econômicos, da inexistência de reajustes salariais que reponham perdas, da condições do meu bairro ou cidade etc Ser mulher, trabalhadora da educação, nascida na minha cidade, moradora de outra, aposentada ou amiga de candidatos não garantem o meu voto. Se não vejo em nenhum deles a capacidade de exercer o referido cargo, prefiro votar nulo. Houve um tempo em que dei meu voto para a legenda, que considerava ser a reserva ética do país. Isso se mostrou uma catástrofe. Serviu apenas para que eu aprendesse que não há grupo em que todos os seus membros tenham igual caráter moral. 

No entanto, a moeda mais esdrúxula de todas, me parece ser aquela que faz com que brasileiros votem na aparência física dos candidatos. A cada nova eleição surgem novas barbies loiras ou morenas e novos galãs concorrendo aos votos mas, aparentemente, mais indicados para serem os novos atores do malhação. Foi assim que, ao sair do dentista, tirei a foto do candidato abaixo: 



Para minha surpresa, não é que ele anda me convidando a ser sua amiga no facebook? Acho que, com a proibição de propagandas da marca de cigarros hollywood ao sucesso, Caso quisesse tornar as eleições mais irracionais do que têm sido, eu iria indicar o seu nome para os eleitores de Fernando Collor de Melo. Se fosse eleito, só me restaria desejar que trilhasse uma trajetória diferente daquela do ex-presidente, que para nosso espanto e indignação ainda está presente no cenário político nacional. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sem muitos gerúndios, longas esperas e musiquinhas, o seu comentário é, de fato, importante para nós! Fique calmo, pois não vamos desligar a nossa ligação virtual, ok?