Follow by Email

DIZENDO VERSOS



FONTE E FORÇA

                                       De Eurídice Macêdo
                                       Para Vera Passos

Às vezes sou uma mulher
totalmente sem medos e
me assusto com a voragem,
de uma coragem,
que me aparece assim de repente e
me diz: e aí mulher, vamos em frente?
E eu vou!
Arregaço as mangas ciganas,
arrebanho as saias baianas e sigo
essa entidade que se apossa de mim.
Livre, destemida, aguerrida,
não peço passagem,
Eu vou!
Sou fonte e força.
Feminina,
eu mulher
sou uma USINA!




Recital na Fundação Casa de Jorge Amado





Recital de 1 ano do Grupo na Galeria do Livro



Aniversário na Galeria do Livro do Rio Vermelho


Recital no  Espaço Unibanco Glauber Rocha


Querem público melhor que esse?

    Ensaio na Cipó Comunicações Interativas                                                                                                      
Sou aluna da Escola Lucinda de Poesia Viva, cuja sede fica em Botafogo, no Rio de Janeiro. Tenho aprendido a "dizer versos sem ser chata" como estabelece o mote da Escola. Nesse percurso tem sido vital e insubstituível o companheirismo, a diversidade e a amorosidade das pessoas da Escola Lucinda de Poesia Viva de Salvador (Eurídice Macedo, Mara Vanesssa, Jina Carmen, Sarah Carneiro, Juliana Brasil, Marina Neves, Esther Clavo, Fátima Santiago, Eugênia Galeffi, Carlos  Gregório, 
Silvana Mota, Verusa, Eugênia Galeffi, Fernanda Leturiondo). Nesse percurso tem sido muito importante as parcerias com a Cia. SubVersiva (Inês, Renata, Fátima Sta. Rosa, Pedro, Patrícia, Paulo e Manuela). Além disso é preciso lembrar das outras pessoas que estiveram nos workshops (Eliana Mara, Thiago, Mazé, Talita, Vanda etc), dos valiosos ensinamentos dos professores Geovana Pires, Emilene Lima e Daniel Rolim e destacar a maestria e sagacidade da poeta Elisa Lucinda, fundadora da Escola.




Cartaz de Recital realizado no Centro Cultural de Plataforma

Cia SubVersiva em Recital na Saraiva do Shopping Salvador

Workshop com Elisa e Daniel durante Seminário sobre Direitos Humanos

Recital durante Seminário sobre Direitos Humanos na Faculdade 2 de Julho

               Mabel Veloso durante a Palestra de Elisa, seguida do Recital fruto do Workshop



Cartaz do recital AVISO DA LUA QUE MENSTRUA com temática feminina, apresentado na Livraria Saraiva do Salvador Shopping e na Fundação Casa de Jorge Amado.




Cartaz do recital Canto Quase Gregoriano, com repertório de poetas baianos, apresentado na Fundação Casa de Jorge Amado.


Cartaz do Recital apresentado na Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi.sobre poemas de Elisa Lucinda



MEUS APRENDIZADOS OU POESIAS QUE FAZEM PARTE DO MEU REPERTÒRIO:

 POÉTICA II - Vinícius de Moraes                       http://letras.terra.com.br/vinicius-de-moraes/86547/


AULA DE DESENHO - Maria Esther Maciel    http://www.letras.ufmg.br/esthermaciel/poemas.html  

ACEITAÇÃO - Cecília Meireles                http://ceciliameireles2009.blogspot.com/2009/04/aceitacao.html

A PRECE - Bruno Tolentino

CREDO - Elisa Lucinda                                          http://www.youtube.com/watch?v=Koxit63bN3U

MULHER MISTERIOSA - Gilvã Mendes

ESCOLHA - Elisa Lucinda 

OS VERSOS QUE TE FIZ - Florbela Espanca   http://www.youtube.com/watch?v=Lpm0vwAgA80

BERÇÁRIO - Eliana Mara Chiossi

NEUROLINGUÍSTICA - Adélia Prado                  http://vonrickhy.sites.uol.com.br/adeliapoe.htm

(Tenho cinco propostas...) - Paulo Coqueiro

(Pequei, Senhor... ) - Gregório de Mattos Guerra

(A indústria diz...) - Eduardo Galeano

"A indústria diz: o CORPO é uma máquina
  A igreja diz: o CORPO é uma culpa
  A publicidade diz: o CORPO é um negócio
  O CORPO diz: sou uma festa"

(Neto e neta são netos...) - Arnaldo Antunes

(...ser sua gueixa nagó.) - Aninha Franco

Haikai  - José Carlos Capinam
"Tua língua em fogo
  Minha alma em chamas
  Ai, amor dragão"

(uma amiga...) -  Martha Medeiros
"uma amiga
tem embaixo do colchão
marco alemão


eu tenho mais do que dinheiro
em cima do colchão
um brasileiro"

(Ando com um balde...) - Viviane Mosé

(Todas as cartas de amor são ridículas ...)  - Álvaro de Campos

POUPAR NUNCA MAIS - Damário da Cruz

FONTE E FORÇA - Eurídice Macedo


DIREITOS HUMANOS - Adélia Prado                          http://vonrickhy.sites.uol.com.br/adeliapoe.htm

POEMINHA DO CONTRA - Mário Quintana

Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão.
Eu passarinho!


Haikais -  Ricardo Guimarães

MAR ADENTRO - Elisa Lucinda                                http://afuriadeelisa.blogspot.com/2009/03/mar-adentro.html

FILHINHA - Adélia Prado

SONETO DE ANIVERSÁRIO - Vinícius de Moraes   http://www.youtube.com/watch?v=-LGmwZSkE50

LUA HOJE NÂO - Elisa Lucinda                                   http://afuriadeelisa.blogspot.com/2009/01/cds-de-elisa-lucinda.html


ESPERANÇA - Mário Quintana                                    http://www.fabiorocha.com.br/mario.htm


O OFÌCIO DA PAIXÂO - Damário DaCruz http://nlll.fpc.ba.gov.br/sites/default/files/Folha%20Liter%C3%A1ria%20-%20No.%2031%20-%20Dam%C3%A1rio%20DaCruz.pdf


INSCRIÇÃO SOBRE UMA LAREIRA - Mário Quintana  http://quintanares.blogspot.com/2005_04_01_archive.html
 
GRAND FINALE - Damário DaCruz                  http://www.youtube.com/watch?v=3mjn_CRVSe4


4o. MOTIVO DA ROSA - Cecília Meireles              http://www.google.com.br/#hl=pt-BR&biw=1366&bih=667&q=Cec%C3%ADlia+Meireles%22+intactas+pelo+teu+jardim%22&aq=f&aqi=&aql=&oq=Cec%C3%ADlia+Meireles%22+intactas+pelo+teu+jardim%22&fp=8fb3db8e10cb1865