Follow by Email

quinta-feira, 19 de maio de 2011

TRÊS EM TRÊS



Ontem, 17 de maio, fomos ao coquetel de abertura do I Salão de Fotografia, promovido pelo Salvador Foto Clube. A premiação ocorreu na CAIXA Cultural Salvador, quando também foi aberta a exposição para o público das 30 fotos selecionadas. Cada um dos mais de 100 participantes pôde enviar um número máximo de três fotografias para avaliação do juri. Todas as três fotografias enviadas por Paulo Coqueiro foram selecionadas para exibição, sendo duas delas condecoradas com Menção Honrosa.


A exposição na CAIXA Cultural Salvador, localizada na Av. Carlos Gomes, ficará até o dia 26 de junho, de terça a domingo, das 9h às 18h. Se você quiser conferir, dê um pulinho lá e envie-nos um comentário no site do POSITIVO ESTÚDIO www.positivoestudio.com.br

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Mãe Sertaneja








Passei o dia das mães pensando sobre a necessidade e a possibilidade de existência de uma figura materna na vida das pessoas. Da falta que isso faz e da maravilha quando essa ligação é autêntica e insubstituível. Não consegui escrever nada, até que a pouco encontrei um trecho maravilho na voz de Riobaldo:

(...)Toda mãe vive de boa, mas cada uma cumpre sua paga prenda singular, que é a dela e dela, diversa bondade. E eu nunca tinha pensado nessa ordem. Para mim, minha mãe era a minha mãe, essas coisas. Agora, eu achava. A bondade especial de minha mãe tinha sido a de amor constando com a justiça, que eu menino precisava. E a de, mesmo no punir meus desmaseios, querer-bem às minhas alegrias. A lembrança dela me fantasiou, fraseou – só face dum momento – feito grandeza cantável, feito entre madrugar e manhecer.

Grande Sertão: Veredas de João Guimarães Rosa