Follow by Email

sábado, 7 de setembro de 2013

RECEITA PARA FAZER A SUA PRÓPRIA LISTA DAS TOP 10



INGREDIENTES:



1. admissão de que a ordem cronológica é mais indicada, por ser mais neutra do que uma ordem de preferência ou importância;

2. exclusão dos nomes (resista a essa tentação porque facebook já é exposição suficiente e não estou falando apenas por conta da CIA)... Nada de dar nomes aos bois;

3. não exclusão de um nome importante, apenas porque não houve uma música que marcasse esse encontro (pode-se recorrer a recursos como o livro de um poeta ou até a um livro de prosa como O AMOR NO TEMPO DO CÓLERA, desde que vc crie uma música para justificar a inclusão da pessoa na lista);

4. observação do lado bom de cada história vivida porque, como sabemos, os finais nem sempre foram felizes;

5. cautela e resistência ao apelo de fazer a lista dos TOP 100, afinal, sua memória já não é a mesma, especialmente se é uma cinquentona e tem a consciência de que quem insiste em chegar até o príncipe encantado precisa beijar muitos sapos... desencantados.



                                                                                                                                             

MODO DE FAZER:

Tome cuidado para não ferir o seu atual amor, declarando o quanto cada um dos anteriores foi importante para vc chegar ao que é e ao que vcs são juntos nos dias atuais. Por fim, tome coragem para tentar encontrar por onde andam aqueles com os quais vc perdeu o contato e os convide a se divertirem se identificando na lista.

P.S.: não se surpreenda ao descobrir que o ato de fazer a sua lista é extremamente terapêutico e até espiritual (se você o encara como uma forma de se perdoar, perdoar o que houve de desencontros pelo caminho e pedir perdão pela parte que te cabe no processo). E para quem não sabe do que estamos falando... basta acessar 


http://verapassos.blogspot.com.br/2013/08/a-cantora-as-cancoes-e-seus-amores.html
(Essa receita foi motivada pelo comentário da amiga Marilia Bezerra )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sem muitos gerúndios, longas esperas e musiquinhas, o seu comentário é, de fato, importante para nós! Fique calmo, pois não vamos desligar a nossa ligação virtual, ok?