Follow by Email

domingo, 1 de agosto de 2010

DOIS CONTERRÂNEOS


Como nos elos de uma corrente de papel de seda junina, também na vida os fatos vão se unindo em uma cadeia colorida. Vivi minha infância em uma rua com o nome do poeta dos escravos, que fica próximo ao antigo Museu Regional de Feira de Santana. Nele minha mãe adquiriu um quadro de Juraci Dórea. O sertão é o foco de sua temática e, há dois anos, quando recebi uma encomenda de 10 camisas com estampas artesanais, quis usar como inspiração as figuras dos quadros dele. Pensei em lhe pedir autorização, em lhe mostrar as blusas como uma homenagem ao seu belíssimo trabalho, mas não tinha seu contato. Há cerca de um ano, a convite da ONG Cipó Comunicações Interativas fui com Jina Carmen e a responsável pela Agência do Sertão, Sarah Carneiro, apresentar a poesia "Lua Nova Demais*" no Clube de Dirigentes Logistas em um evento de combate ao trabalho infantil. Só então. eu vi a cabra, o peixe, a lampião, o peixe e as casinhas que haviam sido transferidos através de linha e agulha dos 2 painéis originais de sua autoria. Meses depois, pesquisando baianos para compor o recital "Canto Quase Gregoriano", descubro surpresa que Juraci também é poeta. Como nao encontrei seus livros, pesquisei na net algumas de suas poesias e as levei para seleção nos ensaios da Escola Lucinda de Poesia Viva.
-
MÓBILE
......... ........Juraci Dórea
...
TANTA VIDA
E UMA CANCELA A BATER
DISTANTE.
-
AH, TANTA VIDA
E ESTE SILÊNCIO A MUTILAR
A NOITE.
-
TANTOS SONHOS
E UMA FACA A NOS CERCAR
NO PÁTIO.MÓBIL


No último
Arraiá Culturá do IFBA, organizei um concurso de quadras juninas. Para ilustrar as quadras que exporia como modelos, incentivando os estudantes a se increverem, decidi colocar desenhos do pintor. Ao buscar imagens, li que Carlos Pitta lhe havia dedicado um disco. Julgando serem poemas musicados, perguntei a Carlos Pitta que me disse ter apenas dedicado o cd ao amigo e ainda me forneceu o telefone de Dórea, dando-me a chance de falar com o homenageado, de descobrir que é amigo de uma prima minha, Iara Cunha, de lhe enviar o brinde da barraca e ainda ter o contato para uma possível entrevista para a Rádio IFBA.
**
-***Êta, corrente bonita e comprida!


* No youtube é possível ouvir o poema na voz de sua autora.

P.S.: Para quem curte um bom forró, segue o link Carlos Pitta. No meu São João, a belíssima gravação de "Guabiraba" é como pamonha, não pode faltar: www.myspace.com/carlospittaforro
Vale lembrar que ás 20h do dia 26/08, Pitta estará apresentando um Pocket Show (acústico), resultado de uma apresentação em Montreaux, no CUCA da UEFS.
**

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sem muitos gerúndios, longas esperas e musiquinhas, o seu comentário é, de fato, importante para nós! Fique calmo, pois não vamos desligar a nossa ligação virtual, ok?